Publicado em Deixe um comentário

Atlântida, a verdade oculta mitos lendas

Há 700.000 anos atrás, houve o afundamento da Grande Atlântida – onde todo o continente submergiu.

A Segunda Catástrofe ocorreu mais ou menos há 200.000 anos onde restaram as ilhas de Ruta e Daitia. As Américas estavam separadas e o Egito submerso.

No ano 72.025 A.C. Daitia desapareceu e Ruta se reduziu à ilha que se tornou conhecida como POSEIDONIS, situada entre os atuais Estados Unidos e Europa. O último e poderoso império Atlante descrito por Platão; afundou em 9.564 a.C. e suas ruínas repousam no fundo mar, incrivelmente preservadas.
Continuar lendo Atlântida, a verdade oculta mitos lendas

Publicado em

Atlântida – a verdade à luz de Platão

A Atlântida narrada em “Crítias” por Platão, afirmando a sua existência.

O mundo descrito por Platão no Timeu e no Crítias. A ilha de Posídon foi representada aqui com cerca de 7,5 milhões de km² (aproximadamente o tamanho da Austrália), procurando refletir o que Platão provavelmente tinha em mente com “maior que a Líbia e a Ásia juntas”.

Continuar lendo Atlântida – a verdade à luz de Platão

Publicado em

A Civilização Atlântida e as civilizações contemporânea da terra

A existência da Atlântida é comprovada através das cidades e monumentos antigos existentes no mundo

Na concepção teosófica e outras escolas iniciáticas, a Atlântida foi um grande continente que existiu onde hoje se encontra o Oceano Atlântico que recebeu o seu nome derivado da civilização Atlântica. Essa civilização durou mais de um milhão de anos e foi destruído pouco a pouco por quatro catástrofes sucessivas. A grande ilha descrita por Platão foi o seu último resíduo, desaparecido a 9564 a.C. O apogeu dessa civilização ocorreu entre 1.000.000 a.C. e 900.000 a.C. e foi caracterizado por uma avançada tecnologia, baseada em uma energia psíquica chamada vril, com a qual foram construídos barcos voadores, “Vimanas ou discos voadores”, criaram novas espécies de plantas e animais.

Continuar lendo A Civilização Atlântida e as civilizações contemporânea da terra