Posted on

O Anel Atlante Original e a Geometria Sagrada

 

A influência da energia no Anel Atlante e a geometria sagrada em sua forma

Os símbolos da geometria sagrada criam um campo de energia cristalino capaz de nos auxiliar a experimentar outros planos da realidade física.

Anel Atlante e a geometria sagrada O campo de energia gerado pelos símbolos geométricos facilita a conexão com o seu eu superior, atingindo novos níveis de consciência. Este campo gira normalmente ao redor de nosso corpo a uma velocidade próxima da luz que é a busca constante dos seres humanos, mas para a grande maioria de nós, esse campo foi lentificado ou até parou de girar completamente devido à falta de consciência e de uso do mesmo.

 

Quando este campo é reativado com o uso de um objeto como o Anel Atlante Original e práticas de uma atividade como: Tai Chi Chuan, Yoga e outros rituais de conexão espiritual, esse campo vibratório volta a formar a mesma estrutura original para facilitar a conexão do ser humano rumo a iluminação.

Os estudos da geometria sagrada têm como seu regente o arcanjo Metatron, conhecido nas escrituras como rei dos anjos. Ele liga o humano ao divino. Muitos afirmam que Metatron pode ter sido o profeta Enoque. Metatron é o aspecto masculino e Shekinah, o aspecto feminino, na versão hebraica. Já na versão Indú, Shákti é o lado feminino da divindade. Já no cristianismo, é associado à energia do espírito santo.

A conexão com o nosso eu superior é a única experiência que nós, “seres humanos”, levamos para nossas vidas futuras onde quer que permaneçamos. Todas as nossas ações no plano físico nos conduzem para o aprendizado que nos servirão para a nossa caminhada futura, quer estejamos presentes no plano físico na Terra ou em outros planos no futuro. A ideia que aprendemos de apenas dominar e modificar as estruturas que nos servem de base para nosso aprendizado enquanto permanecemos em um corpo físico na Terra está um pouco, “ou melhor afirmando”, muito equivocada, como afirmam nossos ancestrais.

A Terra não pertence ao homem, o homem pertence a Terra. Todas as coisas estão ligadas como o sangue que une uma família. Há uma ligação em tudo, o que ocorrer sobre a Terra, recairá sobre os filhos da Terra. O homem não tramou o tecido da vida; ele é simplesmente um dos seus fios. (trecho da carta do chefe Seattle ao presidente americano). Carta completa.

Desde os tempos remotos quando o homem iniciou sua trajetória na Terra a partir da Suméria, Lemúria e Atlântida, chegando mais próximo dos nossos dias como as culturas Nativas, Egípcia, Toltecas, Astecas, Maia, Inca, Indu, Hebraica, Taoista e todas outras não citadas, as fontes culturais dessas nações, nos fornecem desde a criação do homem até o presente momento, todas as lições para nos auxiliar e nos transformar em seres com consciência mais elevadas, mais conscientes da nossa missão como seres humanos, habitando temporariamente o planeta Terra. Mesmo diante da nossa atual posição, sempre nos é mostrado os melhores caminhos e maneiras de como devemos percorrer nossa trajetória em busca de conhecimentos e ações, para que possamos elevar nosso padrão emocional e nos tornar seres humanos melhores e mais conscientes diante da nossa trajetória transcendental.

Quando observamos as culturas ancestrais, podemos verificar que na essência dos seus ensinamentos, elas falam da mesma fonte criadora da origem da vida. Esses ensinamentos estão sempre focados em ensinar o ser humano a permanecer conectado com a fonte criadora de todas as coisas.

É importante lembrar que somos espelho na criação da nossa própria realidade. Cada ação tem uma reação de volta ao nosso encontro. Somos livres para escolhermos o que fazemos, mas permanecemos presos aos seus resultados. Com o uso dos símbolos e com a geometria contida no Anel Atlante, podemos ficar mais conscientes das nossas ações cotidianas.

A geometria sagrada tem início com apenas um círculo, onde outros círculos vão se juntando ao primeiro e dando origem aos outros símbolos geométricos até formarem o cubo de Metatron. O cubo de Metatron representa os treze sistemas universais de sabedoria contidos no fruto da vida. Nele encontramos os conhecidos sólidos platônicos, que são os tijolos construtores da nossa realidade física. O cubo de Metatron nos mostra a verdade milenar de que toda a vida surge da mesma origem. Quem descreveu pela primeira vez os sólidos platônicos foi Platão – que afirma ter recebido esses conhecimentos sagrados no interior da Pirâmide de Gizé. Os cinco sólidos platônicos, representam na alquimia os cinco elementos. Isso não é apenas uma matemática, círculos ou geometria. Isso é o mapa vivo de toda a criação da nossa realidade.

O símbolo “flor da vida” contém toda a sabedoria similar ao código genético contido em nosso DNA. Esse é o símbolo da criação e do padrão da vida. Cada molécula de vida, cada célula em nosso corpo, utiliza esse padrão. Segundo os ensinamentos de muitos mestres, não há nenhum conhecimento no Universo que não esteja contido neste padrão geométrico.

flor-da-vida-001

A flor da vida é a estrutura geométrica original de toda a malha da existência do Universo. É o padrão do qual os átomos se acoplam, formando todo o mundo material como também o imaterial.

Quando olhamos de forma atenta para a flor da vida vemos 19 centro-círculos em dois círculos concêntricos. Dentro desse padrão também se percebe o fruto da vida, com treze círculos. É uma das formas mais sagradas de toda a existência planetária.

O ovo da vida são os padrões que nos permite construir tudo aquilo que conhecemos como realidade. Combinando esses treze círculos femininos com todas as linhas retas possíveis masculinas, vamos obter a forma geométrica sagrada, conhecida como cubo de Metatron. O cubo de Metatron representa um dos treze sistemas universais de informações contidos no fruto da vida. Nas várias linhas, podemos facilmente encontrar os conhecidos sólidos platônicos.

Os sólidos platônicos são objetos tridimensionais primários completamente simétricos. São tidos como símbolos visíveis da orgânica do Universo. A eles foram atribuídos vários significados místicos.

Os cinco elementos e suas formas geométricas no Anel Atlante Original

cincoelementos O tetraedro possui quatro faces e representa o elemento fogo, de cor vermelha.

 

O cubo possui seis faces e representa o elemento terra de cor verde.

O octaedro possui oito faces e representa o elemento ar, de cor amarela.

O dodecaedro possui 12 faces e representa o elemento éter, de cor violeta, força universal da vida.

O icosaedro possui 20 faces, representa o elemento água, de cor azul, representa a força biológica da vida. Sua forma se aproxima da forma mais perfeita que existe, a esfera.

O princípio da criação do Universo na qual todos nós vivemos, ao efetuarmos a segunda rotação em torno da semente da vida, é que vamos chegar a uma nova forma, o ovo da vida. Representa a estrutura morfogenética a partir da qual nosso corpo foi criado. Outra forma que também foi criada é a árvore da vida, uma parte da geometria sagrada, sendo um subdivisão da flor da vida. Contém dez círculos que representam o sef, a esfera em hebraico.

Na cabala representa o caminho para a iluminação espiritual, é o mapa do Universo e da psique. A geometria sagrada compõe as ligações entre o microcosmos e o macrocosmos. Traz-nos a visão completa da unidade que permeia toda a vida.

A geometria sagrada é, portanto a linguagem mais próxima da criação. É também conhecida como a linguagem da luz.

AnelAtlante2 Anel atlantis-elipses Anel atlante e a geometria AnelAtlante9
Anel Atlante_09845 Anel Atlante_0165 Anel Atlante_09877 Anel Atlante_0080

O Anel Atlante Original, foi produzido com os símbolos geométricos, com o mesmo objetivo de equilibrar e harmonizar o ser humano em sua busca de conexão com o seu eu maior, o seu eu divino. Assim como os símbolos geométricos continuam sendo utilizados nas várias culturas para equilibrar e elevar o padrão mental e emocional do ser humano, buscando sempre orientar a sua trajetória para atingir a consciência universal e eterna do Ser. A geometria e os símbolos existente no Anel Atlante Original têm essa finalidade de elevação humana, respeitando o livre arbítrio individual.

Edom Ferreira

Direitos Autorais:

Copyright © Edom Ferreira. Todos os direitos reservados.

Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link: http://www.anelatlante.com