Posted on

O uso do Anel Atlante Original nos dedos

O Anel Atlante pode ser usado em qualquer dedo das mãos, a rede energética esta presente em todo o corpo

Segundo a medicina tradicional chinesa, as mãos como todo o corpo possuem uma vasta rede de meridianos, canais por onde circula a Energia Vital CHI por todo o corpo. Esses canais são responsáveis pela manutenção da nossa vida em harmonia e equilíbrio.

AnelAtlante-meridiano-dos-dedos

Em contato direto em um dos dedos ou qualquer outra parte do corpo, o Anel Atlante auxilia na obtenção da energia do Criador e sua entrega diretamente para o corpo. As imagens desse post mostram a rede energética das mãos por onde essa energia é captada e distribuída diretamente para o sangue através da rede energética do corpo. Essa energia do Criador é a responsável por gerar, nutrir e manter o corpo humano enquanto da sua permanência física na Terra.

As doenças só encontram um ambiente no corpo para se instalarem quando essa energia é bloqueada por alguma atividade em que exercemos em excesso. Como já sabemos, todos os excessos afetam o equilíbrio físico e emocional provocando distúrbios como: raiva, stress, preocupação, tristeza, medo e outros, que deixam nosso estado existencial perturbado.

O Anel Atlante Original tem a capacidade de criar um campo de força benéfico, que pode aliviar as tensões e nos manter mais equilibrado e com a saúde perfeita. A seguir algumas sugestões de uso para equilibrar algumas manifestações específicas que possam estar em desequilíbrio e provocando incômodos indesejados.

A seguir, as principais orientações para uso do Anel Atlante e seus benefícios de acordo com o dedo a ser usado. Abaixo das explicações mais conhecidas, há uma explicação sobre a rede energética existente em cada dedo segundo as explicações da medicina chinesa.

Apesar de o Anel Atlante ter as propriedades para prevenir e aliviar as patologias abaixo, é de bom senso cada usuário observar suas próprias necessidades e procurar o médico sempre que se fizer necessário. Em nenhum momento devemos nos tornar fanáticos e achar que o anel substitui todos os outros recursos que a humanidade tem conquistado ao longo da sua existência na Terra.

Polegar – Age sobre o maxilar inferior e superior, linfa, orelha, faringe e sistema respiratório.

No dedo polegar, passa o meridiano P (Pulmão), está relacionado com distensão torácica, dor na fossa supraclavicular, tosse, asma, angústia, calor nas mãos, dor no braço, dor na garganta.

Indicador – (JÚPITER) Age sobre o sistema nervoso, vitalidade, vontade e ação, (no consciente) intestino grosso, vértebras e cervicais, sacro lombares e dorsais.

No dedo indicador inicia o meridiano IG (intestino grosso). Age em dor de dente, garganta, muco aquoso, olhos amarelos, edema no pescoço, dor e dificuldades no movimento do lado externo do membro superior e do ombro.

Médio – (SATURNO) age sobre a circulação, crânio, alegria e pés (dedos da vida material). Influencia sobre o conjunto das funções corporais, influencia sobre os ossos e esqueleto.

Passa pelo dedo médio o meridiano CS (circulação sexo) indicado pela cura de palpitações, angústia, opressão no tórax, dor no coração, loucura, contratura dos membros superiores, calor na palma das mãos, edema nas axilas, bochechas vermelhas, olhos amarelos.

Anelar – (SOL) age sobre o sistema gênito urinário, digestivo, nervos simpáticos e parasimpáticos, trípulo aquecedor e hipófise, tireóide (sabedoria).

No dedo anelar, passa o meridiano TA (triplo aquecedor), indicado para: surdez, inflamação e dor de garganta, região malar, orelhas, dores nos ombros, antebraço, transtornos motores nos dedos mínimos e anular, sudorese anormal.

Mínimo – (MERCÚRIO) age sobre o coração, artérias, aorta, coronárias, circulação, intestino delgado, emoção (eu subconsciente).

Inicia no dedo mínimo o meridiano ID (intestino delgado) indicado para alívio e cura de: surdez, olhos amarelos, dor de garganta, edemas e dor na mandíbula e dor no pescoço, dor no ombro, nos braços.

O Anel Atlante em uso em um dos dedos pode auxiliar o retorno do equilíbrio do corpo as suas funções normais trazendo de volta o nosso estado normal de viver.

Edom Ferreira